As influências da ciência econômica no surgimento do marketing: período compreendido entre 1760 e 1930

  • Orlando Isidoro Loureiro Universidade de São Paulo - USP
Palavras-chave: Marketing, Ciência Econômica, Distribuição

Resumo

RESUMO

A literatura demonstra que a partir do século XVIII os acontecimentos na área da ciência econômica se sucederam exponencialmente, e ao final do século XIX e início do século XX os grandes feitos resultantes da Revolução industrial apresentaram um cenário de produção em massa, sendo as dificuldades com a distribuição de produtos um de seus efeitos. Tal efeito demandou atenção e a busca por soluções, que se esperava viessem da parte dos economistas, o que não aconteceu. O processo de distribuição não recebeu atenção por parte dos economistas, pois esse tema não fazia parte do objeto de estudo da ciência econômica. Essa posição foi interpretada por alguns autores como desatenção por parte dos economistas e para outros uma “brecha”, a qual propiciaria a oportunidade do surgimento de um novo campo de conhecimento, o marketing. Assim, este artigo propôs demonstrar as influências da ciência econômica no surgimento do marketing. A metodologia utilizada para o desenvolvimento desse artigo foi à análise e síntese do conteúdo obtido por meio de pesquisa bibliográfica considerando o período compreendido entre 1760 e 1930. Tal procedimento metodológico permitiu pontuar as influências da ciência econômica nas origens do marketing, e ratificá-lo como uma ramificação dessa ciência.

Biografia do Autor

{$author}, Universidade de São Paulo - USP
Professor Convidade de Pós-Graduação da FEI
Publicado
2016-10-27
Seção
Artigos