Cotidiano jornalístico: sentidos do trabalho e condições organizacionais

  • Cristiane Oliveira Reimberg Universidade de São Paulo (USP) e Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina no Trabalho (FUNDACENTRO).
Palavras-chave: Cotidiano, jornalismo, trabalho do jornalista.

Resumo

Este artigo busca refletir sobre o cotidiano de trabalho do jornalista. Para tanto, baseia-se nas condições organizacionais vivenciadas pelos profissionais e o sentido que os mesmos dão para o trabalho jornalístico. Como referência utiliza autores que, ao abordar o jornalismo, apontaram aspectos da organização e sentidos do trabalho como Abramo (1988), Abramo (2007) e Marcondes Filho (2000), e outros que pesquisaram as condições organizacionais desses trabalhadores, como Ribeiro (1994) e Heloani (2003). Primeiro discutimos a noção de cotidiano, para depois relacioná-la com o jornalismo e as práticas profissionais, ressaltando os aspectos da organização do trabalho. Por fim, refletimos sobre os sentidos do trabalho para o jornalista.
Publicado
2013-09-09
Seção
Artigos