A INFLUÊNCIA DA AUTOESTIMA NO PROCESSO DO ENVELHECIMENTO

UMA VISÃO DA PSICOLOGIA

  • Carolina Liz Lopes Pariol Centro Universitário Braz Cubas
  • Tatiana Tognolli Bovolini Centro Universitário Brazcubas
  • Luís Sérgio Sardinha Centro Universitário Brazcubas
  • Valdir de Aquino Lemos Centro Universitário Brazcubas
Palavras-chave: Psicogerontologia, Gerontologia, Autoestima, Psicologia

Resumo

O Brasil está envelhecendo rapidamente e este é um processo individualizado e natural da vida. É caracterizado por diversas mudanças e a autoestima é um fator desencadeante para diversos fatores que norteiam o processo do envelhecimento. A psicologia oferece contribuições importantes à compreensão deste processo. O presente estudo tem como objetivo descrever e discutir as relações entre influência da autoestima em pessoas idosas no processo do envelhecimento segundo a visão da psicologia. Foram utilizados para essa pesquisa bases de dados eletrônicos como: Google Acadêmico, Periódicos Eletrônicos de Psicologia (PePSIC) e Scientific Eletronic Library Online (SCIELO), ao final da leitura foram selecionados 68 artigos científicos e 1 livro do período de 1998 – 2018.  Os resultados deste estudo evidenciaram que o envelhecimento é uma etapa da vida em que ocorrem transformações e para tornar este momento, em uma velhice saudável, se faz necessário atuar preventivamente, entre um dos fatores de prevenção está a autoestima elevada, pois estas pessoas que tem este sentimento tem a maior propensão a ter menos dificuldades durante o processo do envelhecimento. Conclui-se a importância do psicólogo neste processo, o qual irá auxiliar o idoso a lidar com as transformações neste ciclo da vida, ajudando-o na elaboração destas questões, para que o envelhecer não seja um momento somente de perdas e tristeza, mas de um recomeço inspirado pela descoberta e vontade de transformar antigos sonhos em novos movimentos de vida.

PALAVRAS-CHAVE: Psicogerontologia; Gerontologia; Autoestima; Psicologia

 

Biografia do Autor

{$author}, Centro Universitário Brazcubas

Mestranda em Saúde Coletiva pela Faculdade de Medicina do ABC, Brasil (2015). Docente do Centro Universitário Brazcubas – Mogi das Cruzes.

{$author}, Centro Universitário Brazcubas

Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo, Brasil(2011).
Coordenador e Docente do curso de Psicologia do Centro Universitário Brazcubas – Mogi das Cruzes. Docente junto à Universidade do Grande ABC, UniABC, Santo André.

{$author}, Centro Universitário Brazcubas

Pós-Doutorado em Ciências Humanas pela Universidade Federal de São Paulo, Brasil (2017). Docente do Curso de Psicologia do Centro Universitário Brazcubas – Mogi das Cruzes.

Publicado
2019-06-04

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 3 4 > >>