ESTUDO SOBRE AS ESTRATÉGIAS DA FAMÍLIA KARDASHIAN-JENNER POR TRÁS DA GRAVIDEZ DE KIM, KYLIE E KHLOÉ

  • Patrícia Cristina de Lima Universidade Paulista
  • Luisa Mariano Cardoso Centro Universitário Moura Lacerda
Palavras-chave: Kardashian-Jenner. Moda. Mídia. Redes Sociais.

Resumo

Este artigo tem como objetivo compreender como a família Kardashian-Jenner apresentou as gestações de Kim, Kylie e Khloé (2017-2018) dentro do seu universo midiático. Para realizarmos esse estudo utilizaremos a metodologia de análise de conteúdo (BARDIN, 2016), buscando apurar a forma com que cada irmã explorou seu momento e utilizou esta gravidez mercadologicamente. Para tal aplicação foram apurados 577 vídeos, que geram as seis seleções. Para que fossem habilitados neste estudo, os vídeos deveriam citar diretamente ou explicar detalhes acerca das gestações. Com isso, os episódios selecionados foram Baby One More Time, Bun in the Oven, We Love Chicago, The Perfect Stormi, The Lord and His Lady e o vídeo do canal no YouTube de Kylie Jenner, nomeado de To Our Daughter. Como segundo plano, este estudo busca compreender a relação de marcas com o clã familiar e suas conquistas financeiras dentro do período apurado. Após a análise foi possível conferir os que as Kardashians-Jenners apresentaram durante as gestações, posições detalhadamente pensadas. Frases de efeito, personagens e marcas eram calculadas para que fãs acompanhassem toda a trajetória de maneira fiel e contínua. Ao contrário do que se pensava inicialmente, a gestão estratégica do clã ficava por conta da matriarca, Kris Jenner. Partia dela visões de como deveriam ser apresentadas as notícias e como isso poderia ser associado a um processo lucrativo.  Constatamos assim que as estratégias aplicadas pelas irmãs funcionaram e geraram lucros para a família ao adicionar o aspecto de mercado, o das grávidas, ao universo Kardashian-Jenner. Um posterior estudo das marcas criadas a partir de cada uma destas  gestações se faz campo fértil.

Publicado
2019-12-12