POLÍTICAS PÚBLICAS E A EDUCAÇÃO NO CAMPO

ALGUMAS REFLEXÕES

  • Liliane Galdino da Silva Universidade de Mogi das Cruzes
  • Renata Jimenez de Almeida-Scabbia Universidade de Mogi das Cruzes
  • Luci Mendes de Melo Bonini Universidade de Mogi das Cruzes
Palavras-chave: Agricultura familiar, Associativismo, Políticas Públicas

Resumo

Resumo

Estuda-se a agricultura familiar e a educação não formal no campo, pois a mesma exerce um papel muito importante, desenvolvendo a cidadania. O objetivo deste estudo é identificar a existência de iniciativas de educação não formal para agricultores familiares em Biritiba Mirim, município da região do Alto Tietê cabeceiras, São Paulo. O município possui 89% de sua área destinada à proteção de mananciais e os 11% restantes na Serra do Mar e mesmo com essas limitações o município tem 15.830 ha de terras agricultáveis. Buscou-se, em publicações e sites da prefeitura, da Casa da Agricultura local, e se há sindicatos rurais ou associações que ofereçam programas de educação para os trabalhadores rurais na região. Esta pesquisa é de natureza descritiva, de abordagem qualitativa de base documental, com revisão de literatura acerca do tema e de documentos normativos, emanados do Estado que fomentam políticas sociais voltadas à agricultura familiar no Brasil. Os resultados mostram que não existem iniciativas de educação não formal para os agricultores familiares de Biritiba Mirim. Conclui-se que há uma ausência de políticas públicas no município para a educação no campo, seja de crianças e adolescentes, seja para os trabalhadores rurais. Nesse sentido, deixa-se aqui a recomendação para que o gestores públicos, representantes dos sindicatos e de associações, elaborarem políticas púbicas de educação no campo.

 

Palavras-chave: Agricultura familiar. Associativismo. Políticas Públicas.

 

Abstract

This study presents de family agriculture and not formal education in the field. The purpose of this brief study is to identify the existence of non - formal education initiatives for family farmers in Biritiba Mirim, a municipality in Alto Tietê Region, São Paulo State, Brazil. The county has 89% of his area destined to protect the protection of Manantial and 11% remaining of the Serra do Mar – a mountain chain, and even with this limited area has 15.830 ha. Of planted land. This research looked for publications and city sites, the local farming house, or other data, or any rummage unions or associations that offer programs to rural workers. This is descriptive and qualitative study, based in a literature review and some government documents that can describe public policies. It concludes that there are not enough data that demonstrates the existence of unformal education initiatives for the family farmers of biritiba mirin, lack public policies that are to love these workers.

Keywords: Family Farming. Associativism. Public Policies.

Biografia do Autor

{$author}, Universidade de Mogi das Cruzes

Bacharel em Administração pela Universidade de Mogi das Cruzes e Mestranda em Políticas Públicas pela mesma universidade.

{$author}, Universidade de Mogi das Cruzes

Dra. em Ciências Biológicas (Biologia Vegetal) pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho e professora no Mestrado em Políticas Públicas da Universidade de Mogi das Cruzes, SP. 

{$author}, Universidade de Mogi das Cruzes

Dra. em Comunicação e Semiótica Pela PUC-SP, docente no Programa de Mestrado em Políticas Públicas da Universidade de Mogi das Cruzes, SP e do Mestrado em Habitação, Tecnologia e Planejamento do IPT-USP. 

Publicado
2019-12-07

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>