MINERAÇÃO DE PATENTES NA BUSCA DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS COM POTENCIAL DE FRUGALIDADE PARA REDUZIR OS CASOS DE INFECÇÃO CRUZADA EM TUBERCULOSE E DE DOENÇAS LABORAIS RESPIRATÓRIAS

  • Ana Paula Demarco Resende Esmelindro Zaions Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – IDEAU
  • Luiz Fernando Martins Gandon Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – IDEAU
  • Sandro Menezes Rodrigues Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP
  • Renan Antônio da Silva Universidade de Mogi das Cruzes
  • Luc Quoniam Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS
  • Renato Ribeiro Nogueira Ferraz Universidade de Mogi das Cruzes
Palavras-chave: Gestão em Saúde, Inovação, Patentes, Saúde Ocupacional, Tuberculose

Resumo

Resumo

Introdução: Por apresentarem descrições completas de invenções, discorrerem sobre suas funcionalidades, permitirem a identificação de tecnologias emergentes, e contribuírem para o desenvolvimento de pesquisas em diversas áreas, as patentes são consideradas uma vasta fonte de informações, todavia pouco exploradas. Embora existam diversas bases onde se pode pesquisar os textos integrais de milhões de patentes, a avaliação manual desses documentos é uma tarefa bastante árdua. Objetivo: O presente trabalho propõe a utilização da ferramenta computacional Patent2net para extrair, organizar e disponibilizar em forma de gráficos e tabelas dinâmicas informações referentes às patentes sobre a tuberculose, e sobre os acidentes e doenças de ordem laboral. Resultados: embora se tenha identificado que a participação de empresas e inventores brasileiros no desenvolvimento de tecnologias voltadas à temática deste trabalho inexiste, a ferramenta permitiu selecionar duas patentes cuja proteção não é estendida ao Brasil, e que apresentam potencial de frugalidade, ou seja, são inclusivas e com baixo custo de reprodução, que poderão ser aplicadas visando minimizar a problemática em torno dos assuntos aqui discutidos. Conclusão: A disponibilização gratuita do Patent2net pode incentivar países como o Brasil a galgar novas posições rumo ao desenvolvimento no campo da Ciência e Tecnologia, especialmente em assuntos de prioridade nacional.

Palavras-chave: Gestão em Saúde. Inovação. Patentes. Saúde Ocupacional. Tuberculose.

Abstract

Introduction: By presenting complete descriptions of inventions, discussing their features, identifying emerging technologies, and contributing to the development of research in several areas, patents are a vast but unexplored source of information. Although there are several bases on which to search the full texts of millions of patents, the manual evaluation of these documents is a rather arduous task. Aim: This paper proposes the use of the Patent2net computational tool to extract, organize and make available, in the form of graphs and dynamic tables, information about the patents on tuberculosis and on laboral respiratory diseases. Results: Although it was identified that the participation of Brazilian companies and inventors in the development of technologies focused on the theme of this work does not exist, the tool allowed to select two patents whose protection is not extended to Brazil, and which have potential of frugality, that is, are inclusive and with low reproduction costs, which can be applied in order to minimize the problem around the subjects discussed here. Conclusion: The free availability of Patent2net may encourage countries such as Brazil to take up new positions in science and technology, especially in matters of national priority.

Keywords: Health Management. Innovation. Patents. Occupational Health. Tuberculosis

Biografia do Autor

{$author}, Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – IDEAU

Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – IDEAU, Getúlio Vargas – RS.

{$author}, Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – IDEAU

Instituto de Desenvolvimento Educacional do Alto Uruguai – IDEAU, Getúlio Vargas – RS.

{$author}, Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP

Departamento de Farmacologia - Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP. 

{$author}, Universidade de Mogi das Cruzes

Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (PPG-PP) e Programa de Pós-graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional (UNIS), Universidade de Mogi das Cruzes – UMC, Mogi das Cruzes – SP.

{$author}, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS

Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – UFMS, Campo Grande – MS.

{$author}, Universidade de Mogi das Cruzes

Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (PPG-PP) e Programa de Pós-graduação em Gestão e Desenvolvimento Regional (UNIS), Universidade de Mogi das Cruzes – UMC, Mogi das Cruzes – SP.

Publicado
2019-12-18

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##