Práticas cotidianas na criação e manutenção de pequenos negócios em Matozinhos/MG

  • Gabriel Farias Alves Correia Universidade Federal de Minas Gerais
  • Chiara Gomes Costanzi Universidade Federal de Minas Gerais
  • Alexandre de Pádua Carrieri Universidade Federal de Minas Gerais
Palavras-chave: Cotidiano, Práticas Cotidianas, Pequenos Negócios, Matozinhos

Resumo

O objetivo desse artigo é analisar as táticas e estratégias cotidianas na criação e manutenção de pequenos negócios no bairro Bom Jesus, em Matozinhos, Minas Gerais. A partir da concepção de que é no cotidiano que os sujeitos realizam e interagem com diversos modos de fazer, realizamos um estudo qualitativo a partir de onze entrevistas semiestruturadas, complementadas pelas técnicas de observação não participante e das anotações de nosso diário de campo. Os dados foram analisados a partir da técnica de Análise Linguística do Discurso, permitindo que fatores linguísticos e sócio-históricos sejam destacados e interconectados, tornando os textos como objetos (Souza & Carrieri, 2014). A discussão envolve as dinâmicas cotidianas que ocorrem em pequenos negócios à margem de grandes centros, como Matozinhos está à margem da cidade de Belo Horizonte. O estudo se torna relevante por expandir a compreensão dos diversos saberes que compõem o universo da Administração. Por isso, fomenta a ruptura com saberes hegemônicos para sobrelevar as infinitas possibilidades de criar, inventar, reinventar, estabelecer e restabelecer incompatibilidades que fogem do planejamento organizacional. Os resultados sugerem a influência de vínculos afetivos e a inexistência de planejamento formal na criação dos negócios além do apego ao interdiscurso da união afetiva para manutenção destes. Por fim, o estudo contribui para os estudos relacionados ao cotidiano da gestão, auxiliando no protagonismo de saberes locais e heterogêneos. Além disso, o estudo propicia reflexionar sobre as ações de sujeitos práticos, que produzem conhecimentos marginalizados que fogem de concepções legitimadas pelos estudos do mainstream da Administração.

Publicado
2020-05-23