O IMPACTO DA DOENÇA DE ALZHEIMER NA SAÚDE MENTAL DO CUIDADOR

  • Nathalia Priscila da Silva Centro Universitário Brazcubas
  • Luís Sérgio Sardinha Centro Universitário Brazcubas
  • Valdir de Aquino Lemos Centro Universitário Brazcubas
Palavras-chave: Alzheimer, Cuidador, Terceira Idade, Saúde Mental

Resumo

RESUMO

Nos últimos anos houve um grande crescimento da população idosa. O Brasil em 2017, ultrapassou a faixa de 30,2 milhões, com uma estimativa para 2025 de se tornar o 5º país do mundo com o maior número de idosos. O aumento da expectativa de vida e o progressivo envelhecimento podem facilitar o desenvolvimento de condições associadas a velhice. Diante disso, diagnósticos de doenças neurodegenerativas, conhecidas como demências começaram a surgir com maior frequência, dentre elas, a doença de Alzheimer (D.A). Por se tratar de um problema que causa declínio cognitivo, o que pode afetar principalmente a memória impossibilitando as funções diárias do idoso, bem como impactar diretamente a família e o cuidador, o objetivo do presente estudo é descrever e discutir os impactos da doença de Alzheimer na saúde mental do cuidador sob o olhar da psicologia. Para esse estudo foram utilizados 33 artigos científicos e 1 trabalho de conclusão de curso. Todos os materiais foram encontrados nas plataformas de buscas Scielo, PubMed, Pepsic e Google acadêmico. Os resultados do presente estudo mostram que cuidar de um idoso com Alzheimer pode gerar estresse físico e emocional. O estresse do cuidador pode afetar negativamente a sua saúde mental e o cuidado que presta ao idoso. Além disso, o cuidador pode apresentar um alto nível de ansiedade, relacionada a sobrecarga, e por perceber que a estrutura da família está sendo afetada, testando seus limites psicológicos e sua postura de enfrentamento perante a vida. Com base nos resultados do presente estudo, conclui-se que, o cuidador de uma pessoa acometida pela D.A pode apresentar impactos negativos em sua saúde mental, incluindo estresse e ansiedade. Diante disso, é necessário que o cuidador tenha apoio psicológico, que pode ser um grande aliado no auxílio de enfrentamento da doença.

Palavras Chave: Alzheimer; Cuidador; Terceira Idade; Saúde Mental.

 

ABSTRACT

In the last few years there has been a great growth in the elderly population. In 2017, Brazil surpassed the range of 30.2 million, with an estimate for 2025 of becoming the 5th country in the world with the highest number of elderly people. Increased life expectancy and progressive aging can facilitate the development of conditions associated with old age. Therefore, diagnoses of neurodegenerative diseases, known as dementias, began to appear more frequently, among them, Alzheimer's disease (A.D.). As it is a problem that causes cognitive decline, which can mainly affect memory, making the elderly's daily functions impossible, as well as directly impacting the family and caregiver, the objective of the present study is to describe and discuss the impacts of Alzheimer's disease on the caregiver's mental health from the perspective of psychology. For this study, 33 scientific articles and 1 course conclusion work. All materials were found on the search platforms Scielo, PubMed, Pepsic and Google Scholar. The results of the present study show that caring for an elderly person with Alzheimer's can generate physical and emotional stress. Caregiver stress can negatively affect your mental health and the care you provide to the elderly. In addition, the caregiver may present a high level of anxiety, related to overload, and because he realizes that the family structure is being affected, testing his psychological limits and his coping posture in life. Based on the results of the present study, it is concluded that the caregiver of a person affected by AD may have negative impacts on their mental health, including stress and anxiety. Therefore, it is necessary that the caregiver has psychological support, which can be a great ally in helping to cope with the disease.

Keywords: Alzheimer; Caregiver; Third Age; Mental health.

Biografia do Autor

Nathalia Priscila da Silva, Centro Universitário Brazcubas

Graduação em Psicologia pela Braz Cubas - Centro Universitário Brazcibas

Luís Sérgio Sardinha, Centro Universitário Brazcubas

Doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo, Brasil(2011). Coordenador e Docente do curso de Psicologia do Centro Universitário Braz Cubas – Mogi das Cruzes. Docente junto à Universidade do Grande ABC, UniABC, Santo André.

Valdir de Aquino Lemos, Centro Universitário Brazcubas

Doutorado em Psicobiologia pela Universidade Federal de São Paulo, Brasil (2016). Pesquisador do Comitê
Paraolímpico Brasileiro. Docente do curso de Psicologia da Braz Cubas – Centro Universitário/ Mogi das Cruzes/
SP.

Publicado
2020-06-01
Como Citar
Silva, N. P. da, Sardinha, L. S., & Lemos, V. de A. (2020). O IMPACTO DA DOENÇA DE ALZHEIMER NA SAÚDE MENTAL DO CUIDADOR. Diálogos Interdisciplinares, 9(4), 48-57. Recuperado de https://revistas.brazcubas.br/index.php/dialogos/article/view/935

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 4 > >>