DIETAS SUSTENTÁVEIS SOB A PERSPECTIVA DAS DIMENSÕES SOCIOECONÔMICA E CULTURAL EM DOIS RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS NO ESTADO DO PARANÁ

  • Leideliane Kilian Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Rozane Marcia Triches Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Eliziane Nicolodi Francescato Ruiz Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

O modelo dominante de produção-consumo de alimentos aumenta a distância entre produtores e consumidores e reduz a diversidade de alimentos disponíveis. Condição que associa a alimentação com questões de saúde, impactos ambientais, e que projeta discussões acerca das dietas sustentáveis. Esta pesquisa teve por objetivo analisar as compras de alimentos de dois restaurantes universitários do estado do Paraná, sob a perspectiva das dietas sustentáveis, identificando a sustentabilidade dos cardápios oferecidos, nos aspectos econômico, social e cultural. De caráter exploratório descritivo, o estudo foi desenvolvido a partir de dados secundários e primários por meio de entrevistas e questionários. Identificou-se que o âmbito da dimensão socioeconômica, apenas o RU1 adquire alimentos de agricultores familiares e orgânicos, mas ainda em baixa proporção. Neste local o valor total das refeições e do subsídio é maior que no RU2, o que impacta no maior percentual de satisfação dos comensais em relação ao valor pago pelas refeições. Quanto a satisfação dos comensais em relação ao cardápio, o RU2 apresenta maior nível de satisfação, dado que leva a outras reflexões que vão além desta análise. Nos dois locais poucos consumidores têm conhecimento sobre a procedência dos alimentos e se os cardápios oferecidos são sustentáveis. Na dimensão cultural identificou-se nos dois locais a presença de preparações e alimentos típicos do estado do Paraná, e satisfação dos comensais em relação à compatibilidade do cardápio com os hábitos alimentares. No quesito diversidade e sazonalidade do cardápio, o RU1 se mostra superior, visto que apresenta relação menor de itens na faixa de sazonalidade fraca e maior relação para sazonalidade média e forte.  Salienta-se a importância deste estudo, o qual pleiteia a relação da alimentação com a sustentabilidade a partir de uma perspectiva interdisciplinar, que não considera apenas o que se come, mas também a forma que se come, comercializa e produz.

Palavras-chave: Dietas Sustentáveis, Restaurantes Universitários.

Biografia do Autor

Leideliane Kilian, Universidade Federal da Fronteira Sul

Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável pela Universidade Federal da Fronteira Sul, Brasil(2020). Estatutário da Prefeitura Municipal de Coronel Vivida , Brasil

Rozane Marcia Triches, Universidade Federal da Fronteira Sul

Doutorado em Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil(2010). Professor adjunto da Universidade Federal da Fronteira Sul , Brasil

Eliziane Nicolodi Francescato Ruiz, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorado em Desenvolvimento Rural pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil(2013). Professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul , Brasil

Publicado
2021-10-18
Como Citar
Kilian, L., Triches, R. M., & Ruiz, E. N. F. (2021). DIETAS SUSTENTÁVEIS SOB A PERSPECTIVA DAS DIMENSÕES SOCIOECONÔMICA E CULTURAL EM DOIS RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS NO ESTADO DO PARANÁ. Diálogos Interdisciplinares, 10(1). Recuperado de https://revistas.brazcubas.br/index.php/dialogos/article/view/969