ENFERMAGEM NO DIVÃ:

ANÁLISE DO FILME “ESCAFANDRO E A BORBOLETA” SOB A ÓTICA DA LINGUAGEM VERSUS COMUNICAÇÃO

  • Carla Patricia de Morais
  • Diego Souza Brasileiro Universidade Braz Cubas
  • Ana Paula Tiemi Okamoto Universidade Braz Cubas
  • Rosemeire Aparecida Aries Pimenta Universidade Braz Cubas
  • Camila Cristina Rodrigues Universidade Braz Cubas

Resumo

RESUMO: Introdução: A linguagem contempla um sistema organizado de símbolos complexos com processos particulares que desempenham funções de codificação, estruturação e consolidação dos dados sensoriais. Seu desenvolvimento implica na aquisição plena do sistema lingüístico que nos possibilita a inserção no meio social, a possibilidade de assumir a identidade, além do desenvolvimento de aspectos cognitivos. O objetivo deste estudo foi de identificar o uso da linguagem não verbal no processo de comunicação humana expresso no filme Escafandro e a Borboleta através da tecnologia assistiva. Materiais e Métodos: Estudo qualitativo, interpretativo do filme Escafandro e a Borboleta. Discussão: Apesar de não responder verbalmente aos acontecimentos ao seu redor, estando plenamente lúcido, Bauby se esforça ao máximo para dar continuidade a sua vida. Estabelece e fortalece cada vez mais a linguagem não verbal e então dá inicia transcrição de um livro. Considerações Finais: O processo de comunicação é dinâmico e nos faz interagir com o mundo é por meio dele que somos reconhecidos e reconhecemos e que podemos nos comunicar com o mundo através de diferentes linguagens que geram diferentes tipos de comunicação.

Palavras-chave: Enfermagem, comunicação, linguagem não verbal, tecnologia assistiva.

ABSTRACT: Introduction: The language includes an organized system of symbols with complex processes that perform particular functions of coding, structuring and consolidation of sensory data. Its development involves the acquisition of full linguistic system that enables us to enter into the social, the possibility of assuming the identity, and the development of cognitive aspects. The objective of this study was to identify the use of non-verbal language in human communication expressed in the film Diving Bell and the Butterfly by assistive technology. Materials and Methods: Qualitative study of interpretation of the film Diving Bell and the Butterfly. Discussion: Although not verbally respond to events around them, being fully lucid, Bauby tries his best to continue your life. Establishes and strengthens more and more non-verbal language, and then gives a transcript of the book begins. Final Thoughts: The communication process is dynamic and does interact with the world is through him that we are known and recognized and that we can communicate with the world through different languages ​​that generate different types of communication.
Keywords: nursing, communication, nonverbal language, assistive technology.

Biografia do Autor

Carla Patricia de Morais

Discente do 7º semestre do curso de enfermagem da Universidade Braz Cubas – UBC.

Diego Souza Brasileiro, Universidade Braz Cubas

Discente do 6º semestre do curso de enfermagem da Universidade Braz Cubas – UBC.

Ana Paula Tiemi Okamoto, Universidade Braz Cubas

Discente do semestre do curso de enfermagem da Universidade Braz Cubas – UBC.

Rosemeire Aparecida Aries Pimenta, Universidade Braz Cubas

Discente do semestre do curso de enfermagem da Universidade Braz Cubas – UBC.

Camila Cristina Rodrigues, Universidade Braz Cubas

Enfermeira, Especialista em Enfermagem Dermatológica – UNIFESP, Mestre em Semiótica, Tecnologia da Informação e Educação – Universidade Braz Cubas - UBC. Doutoranda em Engenharia Biomédica – Universidade de Mogi das Cruzes – UMC. Docente do Curso de Enfermagem da Universidade Braz Cubas.Orientador.

Publicado
2017-06-01
Como Citar
Morais, C. P. de, Brasileiro, D. S., Okamoto, A. P. T., Pimenta, R. A. A., & Rodrigues, C. C. (2017). ENFERMAGEM NO DIVÃ:: ANÁLISE DO FILME “ESCAFANDRO E A BORBOLETA” SOB A ÓTICA DA LINGUAGEM VERSUS COMUNICAÇÃO. Revista Pesquisa E Ação, 3(1). Recuperado de https://revistas.brazcubas.br/index.php/pesquisa/article/view/267