DIFERENÇA DO EQUILÍBRIO CORPORAL ENTRE IDOSOS PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA COM IDOSOS SEDENTÁRIOS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

  • Laís Melo Sassaki Centro Universitário Brazcubas
  • Janete Cirinalva dos Santos Centro Universitário Brazcubas
Palavras-chave: Equilíbrio Corporal, Idosos, Atividade Física, Sedentarismo

Resumo

RESUMO

Introdução: O envelhecimento é um processo dinâmico, progressivo e fisiológico, acompanhado por modificações morfológicas e funcionais, assim como modificações bioquímicas e psicológicas, resultando na diminuição da reserva funcional dos órgãos e aparelhos. Com o envelhecimento ocorrem perdas funcionais, com isso o idoso tem uma maior predisposição a quedas. Objetivo Geral: Revisar a literatura sobre a comparação da capacidade funcional e o equilíbrio de idosos sedentários e praticantes de atividade física. Métodos: Trata-se de um estudo teórico através de revisão de literatura, com busca nas bases de dados SCIELO, PUBMED e BIREME entre os anos de 2009 e 2016, na língua portuguesa Resultados: De acordo com os estudos realizado, a prática regular de atividades físicas tem influência positiva sobre a manutenção do controle postural e, consequentemente, proporciona um menor risco de quedas. As evidências indicam que as intervenções da atividade física ajuda em diversos benefícios para a saúde. Considerações Finais: Com base nos   dados encontrados na literatura considerou-se que a eficácia da prática regular de atividades físicas tem influência positiva sobre a manutenção do controle postural e, consequentemente, proporciona um menor risco de queda entre idosos fisicamente ativos.

Palavras-chave: Equilíbrio Corporal, Idosos, Atividade Física, Sedentarismo

 

ABSTRACT

Introduction: Aging is a dynamic, progressive and physiological process, accompanied by morphological and functional changes, as well as biochemical and psychological changes, resulting in a decrease in the functional reserve of organs and devices. With aging, functional losses occur, so the elderly have a greater predisposition to falls. General Objective: To review the literature on the comparison of functional capacity and the balance of sedentary elderly and physical activity practitioners. Methods: This is a theoretical study through a literature review, with a search in the SCIELO, PUBMED and BIREME databases between the years 2009 and 2016, in the Portuguese language. Results: According to the studies carried out, the regular practice of physical activities has a positive influence on the maintenance of postural control and, consequently, provides a lower risk of falls. Evidence indicates that physical activity interventions help in several health benefits. Final Considerations: Based on data found in the literature, it was considered that the efficacy of regular physical activity has a positive influence on the maintenance of postural control and, consequently, provides a lower risk of falls among physically active elderly

Keywords: Body Balance, Elderly, Physical Activity, Sedentary Lifestyle.

 

Biografia do Autor

{$author}, Centro Universitário Brazcubas

Graduanda do Curso de Fisioterapia

{$author}, Centro Universitário Brazcubas

Graduanda do Curso de Fisioterapia.

Publicado
2018-12-03