TRATAMENTO ESTÉTICO PARA FOLICULITE EM HOMENS

  • Leticia Stefanni Soares da Silva Centro Universitário Braz Cubas
  • Thais Aguiar Coelho
  • Beatriz Duarte Albuquerque
  • karolline Correa Alves Galan
  • Karen Yumi Kaida Santos
  • Isabelle Caroline de Siqueira Mariano
  • Fernanda Talhati Centro Universitário Brazcubas
Palavras-chave: foliculite, alta frequência, estética, barba

Resumo

 Resumo

A pele é o maior órgão do corpo humano e é dividido em três camadas: epiderme, derme e tecido subcutâneo. Sua função é proteção, homeostase e filtro contra radiações, a pele também possui uma defesa natural contra micro-organismos e quando é agredida pode gerar uma lesão chamada foliculite, que é uma infecção no folículo piloso causada por uma bactéria do tipo estafilococos. Esta alteração é comum em homens após se barbear, pois a pele é agredida. Em base de revisões bibliográficas observou-se os efeitos da alta frequência. E a diferença entre óleosA e B,extraídos de plantas e os benefícios do vapor de ozôniona foliculite da barba.

Com base na revisão bibliográfica o tratamento de alta frequência, foi realizado 8 sessões em voluntários do sexo masculino, após a higienização foi feita a aplicação do aparelho de alta frequência no período de 5 minutos, o resultado foi satisfatório em 91% dos que se submetem ao procedimento. Já que no se refere o autor óleo essencial de melaleuca demonstrou-seantimicrobiano, controla os agentes agressores da foliculite e ajuda a cicatrizar as lesões. Escolheram dois óleos comerciais para serem tratados neste estudo, A e B, extraídos em diferentes meses do ano. Observou-se que o óleo essencial de melaleuca extraído no mês de junho obteve resultado de inibição melhor em comparação com os outros óleos.O vapor de ozônio é um método terapêutico, que tem benefícios bactericidas, fungicida e germicida, que também podem tratar a foliculite. Foram realizados duasaplicaçõesem dois grupos diferentes, no grupo A utilizou-se alta frequência com associação do vapor de ozônio e no grupo B somente o vapor de ozônio. Com o grupo A houve uma diminuição no crescimento fúngico de 85%. No grupo B que foi utilizadoapenas o vapor de ozônio, não houve diminuição após sua aplicação, ou seja, demonstrou-se eficaz quando associado ao tratamento alta frequência.

De acordo com a análise dos artigos referenciados, observou-se que o tratamento de alta frequência obteve melhor eficácia para lesão no combate a folicilute.

Palavras-chave: foliculite, alta frequência, estética, barba

Biografia do Autor

{$author}, Centro Universitário Brazcubas

Mestrado em Farmacologia pela Universidade Federal de São Paulo, Brasil(2013)
Coordenadora Departamento de Pesquisa do Centro Universitário Brazcubas, Brasil.

Publicado
2019-06-08

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##