PATOLOGIAS DAS CONTRUÇÕES:

TRINCAS, FISSURAS E RACHADURAS

  • Ana Paula Lourenço Dias Centro Universitário Braz Cubas
  • Ingrid Aparecida Rocha do Amaral Centro Universitário Braz Cubas
  • Mayara dos Santos Amarante Centro Universitário Braz Cubas

Resumo

O presente artigo, apresenta as patologias mais comuns na engenharia civil, suas causas e soluções, focando principalmente nas trincas, rachaduras e fissuras. Com o desenvolvimento de novas tecnologias na construção e a necessidade de aumento na demanda de edificações pelo crescimento do mercado, fez com que as construtoras e também os profissionais solos da engenharia civil, construíssem em menos tempo e muitas vezes com mão de obra não qualificada, apesar do desenvolvimento trazer benefícios pois uma obra que  levaria  anos para ser desenvolvida pode ser feita em meses, também trouxe os malefícios, as consequências de algo que foi projetado e feito para ser entregue no menor prazo e com menor custo financeiro possível. As patologias são um problema que causam muitas preocupações aos profissionais da construção civil, especialmente depois da promulgação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) através da Lei 8078 de 1990, a qual introduziu diversos direitos e garantias aos consumidores, ampliados ainda mais com o novo Código Civil vigente desde janeiro de 2003. É extremante necessário saber como evitar as patologias, mas depois do fim da construção quando os problemas surgem é importante saber como lidar com cada tipo, pois em alguns casos uma patologia pode acarretar outra. As rachaduras, tricas e fissuras são as que mais preocupam pois, dependendo da sua extensão e largura pode colapsar toda estrutura. Este artigo fará uma apresentação resumida sobre as patologias em estruturas de concreto armado e suas causas para um melhor entendimento das possíveis causas e soluções, buscando também tentar mostrar maneiras para evitá-las.

Publicado
2021-12-29

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>